Na tentativa de descobrir vidas em outros planetas, astrônomos analisam vários aspectos como o índice de água no estado líquido, a zona habitável( também conhecido como “Sistema estrelar”).

Como esses planetas estão distantes da terra a anos , essa missão de descobrir novas vidas ficaram cada vez mais complicado. Pesquisadores publicaram no estudo no Science Advances explicando uma forma mais fácil de detectar vidas em planetas distantes através de gases em decomposição.

Em um documentário Joshya Krissansen Totton da Universidade de Washington, sugerem que procurem por misturas de substâncias específicas na atmosfera dos planetas ,para que vejam se à algum tipo de sinal de que tenha algum tipo de vida. Ao comparar misturas de gases da atmosfera , especialistas acreditam que seja possível comparar gases em outras atmosferas se realmente é possível encontrar vida no local.

De acordo com um cientista é muito difícil porduzir oxigênio sem que haja uma vida. Também diz:” Que mesmo que exista vida no cosmo ,não podemos distinguir se realmente tem o oxigênio, porque a bioquímica da produção de oxigênio é muito complexa”.

De acordo com os especialistas entre os desequilíbrios já previstos ,estão a presença de metano e dióxido de carbono, que estão com ausência de monóxido de carbono. Esse seria algum tipo de indicativo de vida em outro planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here