Em um evento de imprensa em Londres nesta quarta-feira (01),  a Razer revelou seu primeiro smartphone, o Razer Phone . Descrito pelo CEO Min-Liang Tan como o melhor em entretenimento móvel, o Razer Phone possui uma exibição Sharp IGZO de 5,7 polegadas e 120Hz com tecnologia de taxa de atualização adaptativa Ultramotion e uma resolução quad HD de 2.560 x 1.440.

É alimentado pelo Snapdragon 835 SoC da Qualcomm ao lado de gráficos Adreno 540, 8GB de RAM e 64GB de armazenamento (expansível via slot para cartão microSD). Ele utiliza alto-falantes duplos frente a frente alimentados por Dolby Atmos e certificados pela THX, mas, em particular, não possuem uma tomada de fone de ouvido de 3,5 mm. Tan disse que é “provavelmente” seja mais inteligente usar o aparelho longe de pessoas que tem problemas com volumes altos, brincou o CEO.

O aparelho totalmente em alumínio desembala uma bateria maciça de 4.000mAh supostamente boa para até 12.5 horas de exibição de filmes, 63.5 horas de música ou sete horas de jogo. Graças à sua tecnologia Qualcomm Quick Charge 4+, o telefone pode ser recarregado de zero para 85% da vida útil da bateria em apenas uma hora.

Você encontrará duas câmeras de 12 megapixels com flash LED duplo e na frente, há uma câmera de 8 megapixels. O scanner de impressão digital do aparelho está integrado no botão liga / desliga.

Visualmente, o Razer Phone parece muito com o Nextbit Robin – isso não é uma surpresa é claro, dada a aquisição da Nextbit neste ano. Contudo, ele não possui resistência à água ou à poeira, de modo que você terá que ter cuidado ao usá-lo em ambientes úmidos ou empoeirados.

O Razer Phone conta com Android 7.1.1 + modificações da RAZER, embora uma atualização para o Oreo esteja disponível no primeiro trimestre de 2018.

O primeiro smartphone da Razer está custando US$699 e estará disponível apartir de 17 de novembro. As pré-encomendas estão sendo aceitas a partir de hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here