Vários sites estavam roubando processamento para minerar criptomoedas. E muitos internautas reclamaram nos 4 cantos da internet. Os desenvolvedores do famoso navegador Opera implantou um sistema no canal beta do programa que bloqueia todas as tentativas de ‘roubo de processador’.

De acordo com Coinhive, o mais famoso sistema de mineração por navegador, afirma que tal método não prejudica totalmente o funcionamento do sistema do usuário e que os sites que usam o script tem obrigação de informar o acessante sobre a mineração e dar a opção de ajudar ou não. Porém a maioria dos sites não respeitam tal regra.

Chamada de NoCoin, o sistema entrará em rigor já na próxima atualização do navegador.  Podendo ser ativada nas configurações do programa.

O Opera, nos últimos anos, tem sido o navegador que mais investe em recursos nativos de segurança. Além do NoCoin, o software conta com uma VPN ilimitada e gratuita, adblocker embutido e ainda um sistema de messenger integrado, onde o usuário pode logar com a conta do Facebook e Whatapp e conversar sem precisar sair do site que está acessando.

Com o NoCoin ativado, as páginas incorporadas com scripts de mineração de criptografia serão bloqueadas de forma semelhante ao bloqueador de anúncios.

Além dessa grande novidade a próxima versão do Opera trará vários outros recursos, como suporte extendido ao Chromecast. Para saber mais da novidades acesso a changelog da versão. Se você se interessou pelo navegador baixe-o pelo site oficial.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here