Em uma tentativa de combater o grande número de falsos aplicativos ‘Chrome’ na Loja do Windows, a Google publicou um aplicativo de instalação oficial próprio.

No entanto, o instalador basicamente apenas abria uma guia do navegador com a página de download do Google Chrome já aberta no interior – algo que, obviamente, não foi bem com a Microsoft pelo esperava do concorrente.

Ao citar uma violação das políticas da loja, a Microsoft removeu o aplicativo da Microsoft Store. O Google, por sua vez, provavelmente nunca criará uma variante especial do Chrome para a loja do Windows, pois as políticas da Microsoft exigem que os navegadores utilizem o mecanismo de renderização da gigante de Redmond, enquanto o Chrome usa seu próprio mecanismo Blink para o mesmo.

Será interessante ver como isso se desenrola entre os dois. Afinal, Google e a Microsoft estão envolvidos em várias batalhas ao longo dos anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here