Segundo a Microsoft, a febre dos smartphones passou, isso porque a situação no mercado mobile já não é mais tão empolgante quanto antigamente, e isso fica claro nos lançamentos anuais, que mostram smartphones sem inovação e vendas estabilizadas.

Satya Nandella, atual diretor executivo da Microsoft, diz que os próximos dispositivos móveis da empresa “não se parecerão nada com os celulares que existem hoje”, pois a Microsoft está estudando novas tendências para o mercado, que irão além dos smartphones que temos atualmente. Isso fica mais evidenciado ainda na fala de Alex Kipman, brasileiro que liderou o desenvolvimento do primeiro Kinect, sensor de movimentos que equipava o Xbox 360, e que também trabalhou no HoloLens, um dispositivo inovador que começou a ser vendido ano passado em diversos países, e que infelizmente, ainda não chegou ao Brasil.

Primeiro Kinect

  

O que temos em desenvolvimento? Acreditamos que a próxima tendência sejam os óculos de realidade virtual, já que durante um evento do Facebook, a rede social também apontou que em um prazo de cinco anos poderemos começar a ver óculos substituindo os celulares, embora a transição demore alguns anos para ser completada. Mark Zuckerberg, inclusive, chegou a apresentar uma ideia de um par de óculos que tem uma aparência normal, mas que possuem a função de visores de realidade aumentada.

HoloLens

Já que a Microsoft perdeu a onda dos smartphones com o fracasso do Windows Phone, resta saber se serão capazes de criar a próxima tendência, ou seria ela o HoloLens? Resta esperar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here