Um artigo publicado ontem (29) pela Polygon sugere que, para resolver o “problema” de falta de jogos exclusivos de peso, a Microsoft poderia usar uma estratégia completamente agressiva e inesperada, e adquirir uma grande produtora. Nada mais, nada menos que a Eletronic Arts.

Primeiramente, a matéria compara os lançamentos do Xbox One com o principal concorrente, o PlayStation 4, depois enfatiza a possível aquisição de um estúdio com uma entrevista de Phil Spencer, chefe na divisão Xbox e também Microsoft Studios, em que ele diz: “Nossa habilidade de criar conteúdo precisa ser uma de nossas forças. Não temos investido no mesmo nível. Fomos de alto à baixo nos investimentos”.

Após alguns especialistas analisarem a posição da divisão Xbox em relação à jogos exclusivos no mercado, o autor do texto, Colin Campbell, indica que existe a possibilidade de aquisição de algum estúdio. “O mais recente que ouvimos (de uma fonte confiável próxima à Microsoft) é, de fato, a Electronic Arts. Também ouvimos rumores sobre a Valve e a Coreana PUBG Corp, com quem a Microsoft assinou contrato de exclusividade temporário para o shooter de sobrevivência “PlayerUnknown’s Battlegrounds.”

Outro indício citado no texto é o valor das empresas, uma vez que a Microsoft teria US$130 bilhões em caixa e a EA teria valor de mercado por volta de US$35 bilhões. São apontadas também algumas aquisições já feitas pela Microsoft, algumas com muito sucesso, outras nem tanto. Entre elas estão a Mojang (Minecraft), Lionhead e Rare.

Por fim, Campbell diz que “devemos esperar algo para a E3 deste ano”, baseado em outra entrevista, desta vez de Shannon Loftis, Gerente de Publicações da Xbox, que disse à GameSpot: “Eu definitivamente ouço o que os gamers mais querem. Adoraríamos ter duas dúzias de exclusivos super-poderosos? Pode apostar.”

Vale lembrar que todos esses fatos citados foram publicados por Colin Campbell no site Polygon. A matéria completa e original está na fonte deste artigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here