Os emojis que são usados em mensagens do WhatsApp ou Messenger foram considerados válidos na hora de fechar contrato ,ao menos tem um caso em Israel. Nos EUA o significado dos emojis não foram considerados difamação. Wall Street Journal selecionou alguns casos judiciais que envolve emojis que são usados em mensagens e alguns significados ainda estão sendo vistos por advogados e juízes.

Foi feito em um fórum de internet um comentário acusando uma autoridade que resultou em processo judicial em 2014 nos EUA, nesse comentário foi utilizado o emoji com a língua pra fora. Desde então a corte decidiu que o caso não seria uma difamação,pois o emoji poderia ser interpretado com uma piada ou um sarcasmo. Em Israel um casal fez um contrato de aluguel válido por causa da sequência de emojis que utilizavam para enviar ao proprietário do imóvel durante a negociação.

Os emojis que foram enviados envolvia um rosto sorridente, um cometa, garrafa de champanhe,bonecos dançando e um esquilo. O proprietário entendeu a mensagem como se o casal tivesse concordado com os termos do aluguel do apartamento, desde então retirou o anúncio de vaga e processou o casal após pararem de responder as mensagens e por violar o acordo.

Com emojis cada vez mais envolvidos em mensagens ,casos como esses pretendem crescer mais ainda. Como as interpretações de emojis dependem de envolvidos nas conversas, as decisões polêmicas irão ficar cada vez mais comuns.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here