Apesar de a Apple alegar que armazena de forma segura suas informações do FaceID criptografadas no iPhone X , a Reuters informa que a empresa permite que os desenvolvedores acessem “determinados dados faciais” com a permissão do usuário. Isso inclui uma representação visual do seu rosto e mais de 50 expressões faciais.

O Face ID  foi o recurso mais discutido do iPhone X. Com isso, os dias de autenticação de impressão digital estão contados e estão sendo substituídos por biométricos faciais. Mas, há algo sobre o seu rosto sendo armazenado pela Apple (compreensivelmente) que as pessoas se abalaram. O senador Al Franken já pressionou a empresa nas preocupações de segurança que a tecnologia levanta – provocando uma resposta . Agora, é a vez dos defensores da privacidade. No relatório, a União Americana das Liberdades Civis e o Centro para a Democracia e a Tecnologia alertam para que a informação possa cair nas mãos dos comerciantes.

Sabemos que o face ID da Apple funciona usando uma mistura de sensores de câmera e redes neurais para recolher um modelo matemático de seu rosto. E, como o Touch ID antes, a Apple está concedendo aos desenvolvedores o acesso à sua API de identificação de rosto, permitindo que eles usem o mecanismo de desbloqueio em todos os seus aplicativos favoritos, incluindo aplicativos seguros de banco e pagamentos.

Mas, as últimas revelações sugerem que a Apple está permitindo que os desenvolvedores baixem mais dados do que o que seria normal. Os mesmos dados não podem desbloquear o telefone, porque essa funcionalidade é limitada ao modelo matemático abrangente. A Reuters acrescenta que o acordo de desenvolvedor da Apple proíbe que os fabricantes de aplicativos compartilhem a informação com os comerciantes. E, que aqueles que quebram as regras correm o risco de serem expulsos da App Store.

O alerta!

Mas, os grupos de privacidade temem que a empresa não seja capaz de policiar adequadamente como os desenvolvedores usam a informação, o que poderia levar a encontrar o caminho para os comerciantes. Isso, por sua vez, resultaria em anúncios mais segmentados , pois estes usariam a tecnologia para rastrear suas reações faciais (como um sorriso ou um aumento de uma sobrancelha). Naturalmente, esse tipo de dados de rastreamento seria uma mina de ouro para anunciantes. Mas, também é importante notar que a política de revisão de aplicativos da Apple torna extremamente difícil fugir de violações.

No entanto, com mais de 2 milhões de aplicativos na App Store, os especialistas em privacidade alertam para que alguns possam escorregar nas “fendas” da analise da Apple. Nós entramos em contato com a Apple para comentar, mas não recebemos nenhuma uma resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here